Aprenda a fazer um jardim amigável para quem tem asma

(Foto: Benjamin Combs/ Unsplash)

Quem sofre de asma ou outra doença respiratória, pode ter uma crise iniciada por muitos fatores. Um dos principais gatilhos é o pólen, fazendo com que os jardins não sejam agradáveis para estas pessoas.

Para amenizar as alergias causadas pela jardinagem, o canadense especializado em horticultura Peter Prakke explicou, ao site Child in the City, que se algumas mudanças forem feitas na área de trabalho ambiental, crianças asmáticas podem aproveitar os jardins e apreciar o meio ambiente.

Confira abaixo algumas dicas do especialista para construir um jardim “amigável”:

  • Plante lotes de plantas, arbustos e árvores fêmeas. Elas não vão derramar pólen e servem de armadilha para a polinização e limpeza do ar.
  • Use a escala mundial de plantas alérgicas (OPALS ™). O ranking de alergia de plantas considera o = 1 equivalente a baixo alérgeno e o = 10, alto alérgeno, o pior nível.
  • Remova qualquer arbusto ou árvore com classificação sobre OPALS ™ diferente de 4. Acima deste número estão certos “gatilhos” para a asma.
  • Use plantas que se adaptam bem à sua própria área. Use plantas nativas com ranking de baixa alergia.
  • Use uma grande variedade de plantas. Biodiversidade sempre faz sentido. O pátio, que é mais diversificado, tem menos problemas com insetos e mofos.

Saiba mais sobre o projeto em: http://www.childinthecity.eu

** Com informações do Catraca Livre