Brasileiros desenvolvem conectores a partir do bambu

(Foto: Pixabay)

Cientistas brasileiros descobriram como transformar o bambu em conectores que conduzem eletricidade e líquidos. O objetivo é encontrar materiais alternativos e sustentáveis que podem ser aplicados na construção civil.

O pesquisador Omar Pandoli começou a analisar as estruturas do bambu, durante seu pós doutorado na China há 10 anos.

Ele descobriu que o bambu possui microcanais dispostos em linhas naturalmente isoladas, que possibilitam o transporte de materiais diferentes, como uma corrente elétrica e água, paralelamente, sem que eles entrem em contato entre si. A estrutura também reage bem a outros elementos. 

Pandoli e o cientista Murilo Santiago fizeram uma parceria para descobrir se a estrutura é capaz de transportar energia elétrica de uma extremidade à outra, sem a necessidade de fios.

Após muitos testes, os pesquisadores descobriram que é possível fazer os canais formarem um circuito elétrico e fornecerem energia suficiente para acender um led ou outro dispositivo que precise de corrente elétrica.

Os pesquisadores também conseguiram desenvolver uma maneira de esquentar e manter aquecido o líquido dentro do condutor, como um sistema de um chuveiro.

Agora, o desafio é encontrar uma solução para os nós que existem no bambu para construir futuramente um painel elétrico sem fio capaz de conduzir eletricidade e dados. Cada planta pode ter até dez nós que interrompem os canais.