Menina paquistanesa dá exemplo de combate ao lixo

Zymal em meio a depósito de lixo no Paquistão (Foto: BBC/ Divulgação)

Zymal Umer, de 10 anos, resolveu fazer algo para ajudar a conter a produção de lixo no Paquistão. Lá são produzidas 20 milhões de toneladas de lixo anualmente – e o número está crescendo 2,4% a cada ano. Nunca houve um controle oficial para lidar com objetos sólidos no país.

“Se as pessoas pensassem apenas por um momento antes de jogar fora seu lixo, talvez elas não o fizessem de uma maneira que prejudica o meio ambiente”, disse a menina para vergonha do mundo adulto.

E Zymal consegue resultados com ações simples: a menina transforma jornais velhos em bolsas de presente enfeitadas – as chamadas Zeebags – que são vendidas a amigos e familiares. A maior parte do lucro é distribuído para organizações locais de caridade. Assista ao vídeo.

E o acesso à  tecnologia teve grande influência: “Eu aprendi a fazer as bolsas vendo vídeos no YouTube”, conta. Em apenas três anos, ela passou de algumas poucas peças vendidas até centenas, vendendo o equivalente a R$ 16 mil.

Seu empreendimento atraiu a atenção de canais televisivos e jornais, que a chamaram de “a mais jovem empreendedora do Paquistão”.

As Zeebags de Zymal também ganharam vários prêmios no Paquistão, na Arábia Saudita e nos Estados Unidos.

“Eu fiquei muito feliz em ter um reconhecimento internacional pelo meu trabalho e orgulhosa por passar uma imagem positiva do meu país e dos meus pais”.

Que exemplo!!!