Aplicativos criados para enfrentar a crise hídrica

O Programa Benchmarking Brasil, considerado o mais respeitado selo socioambiental do país, lançou o Hackathon Mais da Sustentabilidade para incentivar a criação de aplicativos de jovens designers e programadores para construir uma nova consciência e cultura em relação aos desafios socioambientais.

Com 10 projetos de aplicativos com foco no suporte ao uso racional da água, representantes das empresas Google e Intel escolheram o aplicativo Level Up+, criado por Erico Luiz Frank, 19 anos, e Rodrigo Silveira Dias de Lima, 30 anos, alunos da Uninove.

Level Up+ aposta no poder das mídias sociais. Os usuários postam fotos de vazamentos de água em vias públicas, pessoas lavando carros, calçadas etc. As fotos terão um geolocalizador de onde foram tiradas ajudando os funcionários da rede de saneamento básico da cidade a identificar e solucionar rapidamente o problema.

No voto popular, a escolha ficou para o aplicativo Irriga-Ação, que auxilia no consumo inteligente de água para irrigação, uma das principais formas de desperdício do recurso no mundo que chega a 70%.

Segundo seu criador, Fabrício Tenaglia, 23, da Anhembi Morumbi, o app calcula a quantidade de litros de água necessários para irrigar uma determinada área da propriedade, ajudando o produtor rural a usar o recurso de forma mais racional, evitando desperdícios e mantendo a produtividade.