Brasileiros ganham prêmio por tecnologia ambiental

(Foto: Divulgação)

Os irmãos Bruno e Pedro Pagnoncelli e o especialista Bruno Ferrari ganharam o prêmio Biomimicry Global Design Challenge, que reconhece inovações no combate às mudanças climáticas, pelo dispositivo Nucleário.

Os brasileiros desenvolveram um dispositivo para tornar mais eficiente e fácil o reflorestamento em larga escala após o plantio de mudas. Estima-se que 30% das mudas de árvores morrem nos primeiros três anos após o seu plantio por falta de irrigação e pelo ataque de insetos e outros inimigos naturais.

A muda é plantada no centro do dispositivo, que irá reter a água da chuva e liberá-la via capilaridade, garantindo assim a irrigação frequente. Por ser inspirado no design das bromélias, a tecnologia tem uma superfície que protege a muda contra as formigas cortadeiras.

(Foto: Divulgação)

O dispositivo, ainda, é totalmente biodegradável e a partir do terceiro ano, ele começa a se decompor no solo.

Os primeiros testes foram feitos na Mata Atlântica, que tem potencial de reflorestamento de 17 milhões de hectares, e no Cerrado.

** Com informações do Conexão Planeta