Compartilhamento deixa o mundo pequeno

Novas tecnologias e a economia do compartilhamento são agentes de grandes transformações no setor imobiliário, que enfrenta as novas empresas sem sede física que contam com colaboradores nos quatro cantos do mundo conectados e cumprindo metas globais.

Há os coworks – que vão de galpões colaborativos a ofertas comerciais –, que fortalecem parcerias profissionais capazes de gerar bons negócios. Há empresas especializadas em conectar projetos a investidores, como a ProjectHub e a ImpactHub.

projectHUB_PB_invert

A colaboração também vem se expandindo no segmento de moradia e hospedagem, além da plataforma já consolidada do Airbnb. Hoje existem em São Paulo inúmeras opções de hospedagem, em modelos de negócios inovadores, fora da estrutura tradicional, como  o serviço para os viajantes, que dispõem do Couchsurfing, voltado aos mochileiros; e do Sampa Housing, que disponibiliza apartamentos mobiliados em bairros nobres da cidade.