Startup cria forno abastecido com energia solar concentrada

(Foto: Divulgação Heliogen)

A startup Heliogen desenvolveu um forno solar, capaz de atingir um calor acima de mil graus Celsius, cerca de um quarto da temperatura do Sol.

O projeto utiliza um campo de espelhos e inteligência artificial. A startup usa um software de inteligência artificial para “treinar” o campo de espelhos. Ao contrário da energia solar tradicional, que usa painéis solares para captar energia, a Heliogen usa energia solar concentrada, que reflete a luz do Sol em um ponto específico.

Apesar do método não ser inédito, esta é a primeira vez que alguém consegue criar um dispositivo capaz de atingir uma temperatura alta o suficiente para produzir cimento, aço e outros processos industriais.

A startup estima que a técnica pode reduzir em até 60% o uso de combustíveis fósseis na produção de materiais, como aço e vidro.

Segundo Bill Gross, fundador e CEO da Heliogen, a usina está gerando energia suficiente para, no futuro, sintetizar hidrogênio em larga escala. A tecnologia poderá superar o preço dos combustíveis fósseis e não produzirá emissões de CO2.

** Com informações da CNN