Mitos & Verdades: A cebola atrai bactérias?

(Foto: Pixabay)

A Internet tornou-se, rapidamente, o maior dicionário do mundo. E não serve só para resolver problemas; muitas vezes, ela traz notícias que nos assustam e nos deixam sem saber se são verdadeiras ou não.

Os aplicativos, criados pelo homem para ajudar o homem, trazem muitas dessas incertezas e, o pior de tudo, é que, sem verificar a se a informação é procedente, tem fonte confiável, a quase totalidade dos usuários dispara e repassa a todas as pessoas de sua lista de amizades.

Uma das mais recentes, mas, não a mais nova, pois já sumiu e voltou novamente é cebola. De repente, virou vilã e está sendo acusada de atrair bactérias, a partir do momento em, que e fatiada. E, se você tem o hábito de armazená-la em rodelas numa embalagem apropriada, a coisa fica muito mais perigosa (pelo menos, é o que diz a tal da informação que circula por aí!).

A ONB foi pesquisar em um site que costuma analisar esse tipo de nota e eis o resultado da análise…

O texto afirma que a cebola cortada atrai as bactérias presentes no recinto e alerta para que não deixemos o alimento aberto para que esse não se contamine. Será verdade essa história?

O texto não é novo! Circula pela web desde 2009 e afirma que em 1919, um médico descobriu que as famílias que deixavam cebolas abertas na casa não morriam de gripe. De acordo com o artigo, uma minuciosa análise em um microscópio revelou que a planta absorveu as bactérias da residência, deixando o local livre da doença.

Verdadeiro ou farsa?

A história tem várias características de um boato virtual, de um hoax:

  • Possui informações imprecisas;
  • É incoerente em vários pontos;
  • Nenhum dos citados no texto está vivo para confirmar;
  • O fato aconteceu longe e há muito tempo (fica difícil se confirmar);
  • Trata de um assunto que interessa a muita gente (saúde);
  • Pede para ser repassada.

Análise realizada pelo site E-farsas