Você sabe o que é economia de baixo carbono?

(Foto: SC Rural)

O objetivo principal da economia de baixo carbono é gerar o mínimo de aquecimento no clima da Terra. Atualmente, os países mais engajados neste novo mercado são Austrália, Nova Zelândia e União Europeia. O conceito baixo carbono ganhou força a partir do Protocolo de Quioto (1997) e das conferências sobre o clima promovidas pela ONU no Rio de janeiro (1992), Genebra (1990) e Toronto (1988). A ideia é que a indústria passe a valorizar o meio-ambiente, reutilizando todos os recursos naturais e diminuindo a quantidade de resíduos liberados nas grandes linhas de produção, como gases do efeito estufa.

O Brasil ainda respira muito carbono, mas tem papel relevante por produzir energia limpa com  hidrelétricas, etanol, originário da cana-de-açúcar, energia solar, eólica e hidráulica. Esse sistema também é comercializado. Empresas pagam pelas emissões que geram e, ao mesmo tempo, se comprometem com o meio ambiente e a redução do efeito estufa.