Pesquisadora ganha prêmio inédito de ecologia

(Foto: Arquivo Pessoal)

A professora do Departamento de Geografia e Meio Ambiente da PUC-Rio, Agnieszka  Latawiec, se tornou a primeira educadora de uma instituição brasileira a receber o The Royal Society Newton Advanced FellowshipAward, prêmio da mais antiga academia científica independente do mundo, a The Royal Society, de Londres.

Ela foi reconhecida pelo seu estudo “Sustentando a terra de baixo para cima: desenvolvendo modelo conceitual de valoração dos serviços ecossistêmicos para solos tropicais”, que pretende mostrar a relevância da ciência de solo para a funcionalidade dos ecossistemas, cadeia de alimentação e manejo da terra sustentável.

O projeto pretende demonstrar o valor monetário do solo.

O prêmio no valor de R$350 mil financiará a pesquisa no Brasil de solos tropicais, em parcerias com universidades britânicas. Latawiec ainda pretende desmistificar o “medo” que jovens e alunas mulheres têm das ciências físicas.

** Com informações do Conexão Planeta