Sistema prisional cultiva toneladas de orgânicos em Alagoas

(Foto: Pixabay)

Em 2019, foram produzidas mais de 22 toneladas de alimentos orgânicos na horta do sistema prisional, em parceria com a Secretaria da Ressocialização e Inclusão Social (Seris), em Alagoas.

Com mais de nove hectares, a horta produz diversos alimentos, como berinjela, batata doce, feijão verde, cenoura, macaxeira, alface, milho, pepino, abobrinha, couve, coentro e tomate.

Toda a produção é encaminhada para o consumo de servidores e dos custodiados, que serve 15 mil refeições por dia no complexo penitenciário e para instituições filantrópicas.

Além das hortaliças e leguminosas, também são doados 50 quilos de peixes cultivados nos tanques da horta.

Para a Agência Alagoas, o gerente de Educação, Produção e Laboraterapia, Eduardo Gouveia, disse que o trabalho é extremamente importante para desenvolver as aptidões dos reeducandos e para oferecer trabalho em uma atividade fundamental para o país, a agricultura.