Cidade na Flórida proíbe protetores solares que danificam corais

(Foto: freepic.diller)

A cidade de Key West, no sudeste da Flórida (EUA), proibiu a venda de protetores solares que tenham em sua composição oxibenzona e octinoxato, substâncias que danificam os recifes de coral na região.

A medida é similar a adotada pelo Havaí, em julho de 2018, e começará a valer a partir de 2021.

A prefeita de Key West, Teri Johnston, disse que é uma obrigação da comissão proteger o ecossistema de recifes de coral, que gera mais de 70 mil empregos que equivalem a US$ 6,4 bilhões em vendas e ingressos anuais.

** Com informações da Agência EFE