Marca japonesa de cosméticos investirá em produtos sustentáveis

(Foto: Reprodução Facebook Shiseido)

A empresa japonesa de cosméticos Shiseido anunciou a criação de uma área especial para pesquisar e desenvolver produtos ecologicamente corretos em seu Centro de Inovação na China.

A base de pesquisa está localizada no Oriental Beauty Valley, também chamada de “Cidade dos Cosméticos da China”, um distrito industrial, em Xangai, voltado para o setor de saúde e beleza, que abrange empresas desde cosméticos e alimentos até biotecnologia.

A marca pretende colaborar com outras empresas e institutos que trabalham na região para impulsionar o desenvolvimento da indústria de cosméticos sustentáveis na China e no mundo.

De acordo com a empresa, a nova filial se concentrará em pesquisa avançada e desenvolvimento de protótipos de produtos ecológicos, além de métodos de avaliação e eficácia adequados aos tipos de pele dos consumidores chineses.

Com base no ditado chinês “Valorize as virtudes da Terra, que alimenta a nova vida e gera valores significativos”, a Shiseido já investe em medidas de sustentabilidade para reduzir as suas emissões de gás carbônico, principal causa da mudança climática.

Entre as medidas estão: reduzir no uso de água; comprar papel reciclado e certificado; reduzir e reciclar os resíduos gerados; e comprar matérias-primas de origem vegetal para reduzir o desmatamento.