Times de futebol usam uniformes de lixo plástico

(Foto: Divulgação)

O time italiano Juventus lançou o seu terceiro uniforme para a temporada 2018/19, feito totalmente com poliéster desenvolvido a partir de plásticos coletados nos oceanos.

O uniforme é resultado da parceria da Adidas com a Parley Ocean Plastic, programa que visa contribuir com a redução de resíduos plásticos no oceano ao desenvolver roupas esportivas.

Dentro da gola das camisas está escrito “pelos oceanos” para conscientizar os consumidores sobre a proteção ambiental. “Todos nós temos que mudar a forma como agimos com nossos oceanos,” disse Oliver Nicklisch, diretor de produtos da Adidas.

Além do Juventus, o terceiro uniforme do Manchester United e as camisas pré-jogo do Real Madrid e do Bayern de Munique também integram a lista da parceria com a Adidas.

Nesta semana, um vídeo de uma ONG Sustainable Coastlines Hawaii em uma praia de Santo Domingo, na República Dominicana, chocou as redes sociais. A publicação mostra o mar coberto por 3 toneladas de lixo doméstico.

“We got sold on this whole throwaway society, this whole throwaway idea that the more civilized you are, the more convenient everything should be. You shouldn’t have to do dishes if you can throw them away, ya know? You shouldn’t have to take care of something if you can throw it away. And we’ll make it cheap enough where you can buy another but there is no ‘away’. THERE’S NO SUCH PLACE AS AWAY.” -Kimi Werner (@kimi_swimmy c/o @sustainablecoastlineshawaii) Thank you to @parley.tv, @corona, @sustainablecoastlineshawaii, and the military and public workers for this massive cleanup effort in Santo Domingo, Dominican Republic where after 3 days of work, 30 tons of plastic were removed from the ocean and landfills. #ThereIsNoAway #100islandsprotected

Uma publicação compartilhada por Kelly Slater (@kellyslater) em