Aedes aegypti deixa 50 cidades de Santa Catarina em alerta

(Foto: Wikimedia Commons)

Dos 64 municípios considerados infestados em Santa Catarina, 50 estão em situação de alerta para o mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, Chikungunya e zika, informou a Diretoria de Vigilância Epidemiológica de SC.

De acordo com índice de infestação, 17 municípios estão com alto risco de transmissão das doenças, sendo que 15 estão no Oeste e duas no Litoral Norte (Balneário Camboriú e Itajaí). Outras 35 cidades estão com risco médio e 13 foram classificadas como risco baixo.

Em todo o estado, foram encontrados 5.621 focos de proliferação do mosquito em 122 municípios, um aumento de 67,8%, em relação ao mesmo período do ano passado.

Até o dia 17 de março, foram registrados os primeiros casos autóctones de Chikungunya em Santa Catarina. Todos os casos confirmados até então foram contraídos em outros estados. Também foram confirmados três casos de dengue.

** com informações do Diário Catarinense