Casos autóctones de doenças do Aedes aegypti caíram em São Paulo

(Foto: Wikimedia Commons)

Entre 1º de janeiro e 3 de fevereiro de 2018, foram registrados 46 casos autóctones – que foram contraídos dentro do município – de dengue na capital paulista, índice quatro vezes menor ao registrado no mesmo período de 2017, segundo a Secretaria Municipal da Saúde.

Os casos de dengue também apresentaram queda de 2016 para 2017, passando de 16.283 para 846, respectivamente.

Com relação ao zika vírus e a febre chikungunya também não foram notificados nas cinco primeiras semanas epidemiológicas. Entre 2016 e 2017, houve uma queda de 92% nas notificações.