Casos de Dengue aumentam 52,3% em dois meses

(Foto: AFP/Photo Patrice Coppee)

Nesta quarta-feira (30), o Ministério da Saúde divulgou novo boletim epidemiológico sobre a incidência de casos relacionados ao mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue, febre chikungunya e do zika vírus.

Segundo o boletim, o número de casos de dengue no Brasil aumentou 52,3%, em relação ao mesmo período de 2015. Ao todo, foram diagnosticados nos meses de janeiro e fevereiro 396.582 casos de dengue, sendo 56% na Região Sudeste, 18% no Nordeste, 13% no Centro-Oeste, 8% no Sul e 5% no Norte. Apesar do crescimento no número de casos de dengue, o número de óbitos confirmados pela doença diminuiu de 197 para 51.

Em relação aos municípios, as cidades de Campanário e Coronel Fabiano, ambas em Minas Gerais, registraram o maior índice, com 11.304 e 3.460 casos, respectivamente. Em seguida, estão os municípios de Ribeirão Preto (SP), com 1.335 e Belo Horizonte (MG), com 1.273,9 casos, por 100 mil habitantes.

Até a oitava semana, foram registrados 3.748 casos de Febre Chikungunya em 18 estados, sendo 284 confirmados com exames laboratoriais. Em relação ao zika vírus, o Ministério da Saúde não disponibilizou os números, mas confirmou que todos os estados possuem a circulação autóctone do vírus.

** Com informações do G1