Anvisa encontra resíduos de agrotóxicos em alimentos

(Foto: Pixabay)

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) encontrou irregularidades em relação ao uso de agrotóxico em amostras de legumes, cereais e frutas encontrados em supermercados em 77 municípios entre 2017 e 2018.

Das 4.616 amostras de alimentos analisadas, 23% possuem resíduos acima do limite permitido ou proibidos. Entre 2013 e 2015, o percentual foi de 19,7%.

Do índice com irregularidades, 17,3% tinham resíduos de ingredientes ativos não permitidos para a cultura; 2,9% tiveram mais de um tipo de inconformidade; 2,3% tinham ingrediente ativo acima do limite permitido e 0,5% apresentaram ingrediente ativo proibido no país.

Os outros 77% das análises não apresentaram presença de agrotóxicos ou tinham a presença de ingredientes ativos dentro do limite permitido pela agência.

A pesquisa analisou a presença de agrotóxicos em alimentos que representam 30% dos alimentos de origem vegetal consumidos pela população brasileira, como abacaxi, alface, arroz, cenoura, laranja, tomate e uva.

Dos 270 defensivos pesquisados, 122 foram encontrados. Os mais detectados foram imidacloprido, tebuconazol e carbendazim. Nas amostras, 0,89% apresentaram potencial de risco agudo, que podem causar dor de cabeça e náusea. Nenhum agrotóxico apresentou potencial de risco crônico.

** Com informações da Anvisa