Anvisa fará “faxina” na lista de ingredientes ativos de agrotóxicos

(Foto: Pixabay)

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) pretende excluir 34 das 425 monografias de agrotóxicos – lista de ingredientes ativos autorizados no Brasil.

Com a medida, novos agroquímicos com essas substâncias não serão autorizados e serão proibidos de serem usados.

Esta é a primeira vez desde 2005 que a Anvisa planeja rever a lista. Até então, a exclusão acontecia apenas nos casos de reavaliação da segurança e de possíveis riscos à saúde.

Entre os ingredientes ativos que podem ser excluídos estão a azociclotina, sulfosato, e bromopopilato. A expectativa é que outros ingredientes ativos de agroquímicos também tenham a situação revista.

A proposta ainda deve passar por consulta pública.

Suíça 

Um estudo da Universidade de Neuchâtel encontrou resíduos de neonicotinóides em 93% das fazendas orgânicas e nos solos e plantas de 80% das áreas de compensação ecológica, na Suíça.

Os neonicotinóides são um tipo de inseticida semelhante à nicotina, usado para proteger culturas de pragas e insetos, e é apontado como o principal responsável pela morte de polinizadores.

O estudo analisou mais de 700 amostras de solo e plantas de 62 fazendas.

O Departamento Federal da Agricultura da Suíça afirmou que três das cinco substâncias encontradas pelos pesquisadores já foram banidas do país.

** Com informações da Swissinfo e Gazeta do Povo