Anvisa reavaliará princípios ativos de agrotóxicos

(Foto: FAO)

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) anunciou que reavaliará o perfil toxicológico de ingredientes ativos usados na composição de agrotóxicos à venda no Brasil.

O objetivo é averiguar se o ingrediente tem potencial cancerígeno ou outros riscos à saúde humana.

Atualmente, 381 ingredientes ativos têm registro no Brasil. A primeira rodada da reavaliação vai focar em cinco fungicidas, um inseticida e um herbicida: Carbendazim, Tiofanato metílico, Epoxiconazol, Procimidona, Clorpirifós, Linurom e Clorotalonil.

Segundo a Anvisa, não existiam critérios claros para definir a lista de produtos a serem reavaliados, já que o registro de agrotóxicos no Brasil não tem prazo de validade.

A decisão de reavaliar os agrotóxicos é para diminuir o nível de toxicidade das substâncias no país. Novos produtos só podem ser registrados num grau menor ou igual de toxicidade aos que já existem.

Após a reavaliação, o ingrediente poderá ser banido do mercado brasileiro, circular com restrições ou continuar sendo vendido normalmente, caso a conclusão seja de que não há riscos.

Até o mês passado, 262 agrotóxicos foram registrados no Brasil, o maior índice da história.

** Com informações do G1