Culpada: Monsanto é condenada por envenenar agricultor francês

(Foto: Robyn Beck/ AFP)

A Bayer foi condenada por uma corte em Lyon, na França, pelos danos a saúde do agricultor francês Paul François causados pela inalação acidental de agrotóxico.

A alegação de François é que o produto tinha uma rotulagem inadequada e após utilizá-lo, sofreu problemas neurológicos, perda de memória, desmaios e dores de cabeça.

A Bayer, que adquiriu a Monsanto no ano passado, disse que está considerando suas opções legais, mas que irá recorrer da decisão.

Esta é a terceira vez que a Bayer/Monsanto é condenada em um tribunal pelos danos causados por agrotóxicos.

Até o momento, a Bayer já perdeu 30 bilhões de euros em valor de mercado desde agosto do ano passado por problemas legais. Com a decisão francesa, as ações do grupo caíram 1,5%.

** Com informações da Reuters