Intoxicação por agrotóxico dobraram em 10 anos no Brasil

(Foto: Pixabay)

Os casos de intoxicação passaram de 7.001, em 2009, para 14.664, em 2018, no Brasil, segundo dados do Ministério da Saúde.

Para a pasta, a diferença no índice é resultado do “aumento da comercialização dessas substâncias e da melhoria da atuação da vigilância e assistência à saúde”.

O número pode subir. Desde o início do ano, o governo já autorizou 124 novos agrotóxicos, que devem ainda receber a chancela da Anvisa, do Ibama e do Ministério da Agricultura.

Segundo André Burigo, do Grupo Saúde e Ambiente da Associação Brasileira de Saúde Coletiva, a legislação brasileira não impõe uma avaliação periódica das substâncias usadas em agrotóxicos e os resíduos presentes em alimentos agora são divulgados a cada três anos.

No último monitoramento, cerca de 80,3% das amostras foram consideradas satisfatórias, enquanto 19% estavam irregulares, como o uso não autorizado ou com o índice de agrotóxico acima do permitido.

** Com informações do jornal O Globo