Lavouras em três estados são multadas por uso indevido de agrotóxico

(Foto: Pixabay)

Lavouras no Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Paraná foram multadas em mais de R$ 3 milhões pelos Ministérios Públicos Estaduais por uso de agrotóxicos ilegais.

A ação, que termina nesta sexta-feira (24), encontrou irregularidades em 23 aeronaves que aplicam o produto nos três estados. Apenas no Mato Grosso do Sul, a Agência Nacional de Aviação (Anac) interditou 13 aeronaves, sendo uma apreendida criminalmente por ter sido utilizada para o tráfico de drogas. Oito empresas foram autuadas, totalizando mais de R$1,8 milhão em multas.

Os agentes também encontraram produtos vencidos, embalagens em locais impróprios e funcionários trabalhando sem treinamento, que resultou em uma multa de mais de R$1,5 milhão.

No Mato Grosso, seis aeronaves foram interditadas por problemas com documentação e irregularidades e quatro empresas foram notificadas por não possuírem Cadastro Técnico Federal.

E no Paraná, dois autos de infração e seis notificações foram expedidos com uma multa, aproximada, a R$1,1 milhão, e três empresas foram notificadas por colocarem os trabalhos em exposição direta com agrotóxicos.

As autuações fazem parte da operação Deriva do Ministério Público, que tem como objetivo combater a aviação clandestina, o contrabando de agrotóxicos, o trabalho escravo e o desrespeito à legislação.

Fonte: G1