Alimentos saudáveis e frescos são tendência do futuro

(Foto: Andrei Lasc/ Unsplash)

Diferentes sabores, novas texturas alimentares, mais sabor e “pratos bonitos aos olhos” são algumas das tendências gastronômicas esperadas pelos consumidores do setor de panificação, confeitaria e chocolate de 40 países em 2030, revela nova pesquisa do Instituto de Pesquisa Ipsos.

Dos 1,2 mil brasileiros entrevistados, 36% brasileiros acreditam que a comida será mais saudável no futuro, 33% acham que os alimentos serão a mesma coisa e 30% que a comida será menos saudável.

O levantamento mostrou que os consumidores estão preocupados com os ingredientes de seus alimentos e estão incluindo componentes mais saudáveis, como proteína e fibras.

Cerca de 83% dos entrevistados afirmam que fibras têm um efeito positivo na digestão; 80% pretendem diminuir o açúcar por considerarem benéfico a saúde; para 76% tirar a gordura da alimentação é saudável e 74% dos brasileiros concordam que adicionar ingredientes na panificação é bom para a saúde.

Enquanto na Ásia e Pacífico, 47% dos consumidores acreditam que a comida será mais fresca, no Brasil, 32% concordam com a afirmação, 34% acham que será a mesma coisa e 34% acham que a comida será menos fresca.

** Com informações da Agência Brasil