Hoje é Dia Mundial do Chocolate: Saiba a diferença entre seus tipos

(Foto: Reprodução)

Em meio às festividades de Páscoa – época do ano em que mais se consome chocolate no mundo – comemora-se neste sábado (26), o Dia Mundial do Chocolate.

Acredita-se que os astecas foram os primeiros a experimentar o chocolate, mais conhecido naquela época como a “bebida dos deuses”. Com as viagens colonizadoras européias, ele foi descoberto e levado para a Europa, se popularizando entre os séculos 17 e 18, e com o passar do tempo, chegou às formas que conhecemos hoje.

Além de ser saboroso, você sabia que o chocolate traz benefícios para a saúde? Segundo estudos científicos, ele pode aliviar o estresse, combater a ansiedade, a hipertensão, a depressão, ajudar a melhorar o raciocínio e o humor, além de ser uma fonte de energia.

Mas calma, não é para sair comendo chocolate desenfreadamente!

Segundo a nutricionista e blogueira do ONB, Lara Natacci, o ideal é escolher as melhores opções para a saúde e consumi-lo moderadamente. “Considera-se aceitável o consumo médio de uma quantidade de 20 a 30g (2 a 3 quadradinhos) por dia, do chocolate com no mínimo 70% cacau. Mas a recomendação depende de características orgânicas individuais, além de sexo, idade e atividade física”, afirma.

Para você escolher a melhor opção, mostramos abaixo a diferença dos cinco tipos de chocolate:

  • Chocolate branco: Criado apenas no século XX, o chocolate branco é o mais calórico e o mais doce que os demais, por ter em sua composição apenas manteiga de cacau, leite e açúcar.
  • Chocolate ao leite: Composto por pasta de cacau, leite, leite em pó – ou condensado – e açúcar, o chocolate ao leite é o mais consumido pelos brasileiros e possui um teor de cacau de 30% a 40%, além de ser usado para preparar diversas combinações.
  • Chocolate meio amargo: Apesar de não ser muito doce e muito queridinho, o chocolate meio amargo possui de 40 a 55% de cacau e pouca quantidade de manteiga e açúcar, sendo um dos mais saudáveis. Se difere do chocolate amargo por ter mais açúcar em sua composição.
  • Chocolate amargo: Caracterizado pela cor escura e o paladar amargo, este chocolate, também conhecido como “chocolate puro”, é o que oferece mais benefícios para a saúde, por ter um teor de cacau de 60 a 80% em sua composição.
  • Chocolate diet: Apesar de ter uma concentração menor de açúcar, o chocolate diet possui elevados índices de gordura, sendo mais calórico que o chocolate ao leite. É uma boa opção para diabéticos.

Dica: Que tal experimentar o chocolate orgânico? O cacau e o açúcar não possuem conservantes químicos sintéticos, fazendo com que o chocolate não só tenha um sabor diferente, mas também ofereça mais benefícios à saúde.