Parlamento argentino aprova projeto de emergência alimentar

(Foto: Unsplash)

A Câmara dos Deputados da Argentina aprovou um projeto que prevê o aumento em 50% dos recursos destinados à segurança alimentar até o final de 2022.

O texto afirma que “garantir a segurança alimentar e nutricional deve ser transformado em um primeiro consenso básico e uma política estatal prioritária de uma nova etapa da unidade nacional da Argentina”.

Por causa da crise econômica, a pobreza no país atingiu 32% da população. Segundo estimativas do governo argentino, este índice deve chegar a 38% no final de 2019.

O projeto agora vai para o senado argentino. Com a aprovação, o Executivo poderá realizar reestruturações orçamentárias para a uma abordagem eficaz da emergência alimentar e nutricional.

** Com informações da Agência Brasil