Ameaça internacional do Coronavírus sobe para muito alta

(Foto: Unsplash)

O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, anunciou que o nível de ameaça internacional do coronavírus Sars-CoV-2 passou a ser muito alta.

Para a OMS, o vírus ainda está na fase de contenção – em que a transmissão pode ser interrompida. A fase seguinte é a de mitigação, quando fica entendido que não é mais possível evitar a sua disseminação.

“O aumento contínuo do número de casos da doença causada pelo vírus, a chamada Covid-19, e o aumento do número de países afetados são de clara preocupação”, disse Ghebreyesus.

Até o momento, o vírus contaminou mais de 83 mil pessoas no mundo, sendo 78.959 casos na China e outros 4 mil casos em 49 países. A China confirmou, nas últimas 24 horas, 329 casos, o menor número de novos casos diários em um mês.

O balanço também aponta que, dos novos casos identificados em todo o mundo, 24 foram exportados da Itália e 97 do Irã. A taxa de mortalidade é de 3,5% na China e, fora do território chinês, a taxa registrada foi de 1,5%.

O diretor-geral afirmou que a maioria dos casos podem ser ligados a contatos conhecidos ou aglomerados de casos. “Não vemos evidência ainda de que o vírus está se espalhando livremente nas comunidades. Ainda temos chance de conter o coronavírus se ações robustas forem tomadas”.

A epidemiologista e líder técnica de programas de emergência da OMS, Maria van Kerkhove, explicou que a origem do coronavírus ainda não é clara, já que muitos casos não tiveram exposição ao mercado de animais de Wuhan, na China.

Apesar de estudos iniciais terem apontado o pangolim, um mamífero ameaçado de extinção, como a possível fonte do vírus, ele seria apenas um hospedeiro intermediário, segundo a epidemiologista.

Prevenção

A OMS recomenda as seguintes medidas:

  • Lavar a mão com frequência usando água, sabão e álcool em gel
  • Quando tossir ou espirrar, cobrir a boca e o nariz com as mãos ou lenços descartáveis
  • Mantenha pelo menos 2 metros de distância de quem estiver tossindo ou espirrando ou tenha febre
  • Manter os ambientes ventilados
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca