Crianças britânicas estão expostas a níveis ilegais de poluição

emissão de gases de efeito estufa, carbono
(Foto: Pixabay)

Um estudo realizado pelo jornal The Guardian e o Greenpeace constatou que milhares de crianças estão sendo expostas a níveis de poluição do ar prejudicial por veículos a diesel em escolas e berçários em toda a Inglaterra e o País de Gales.

De acordo com a pesquisa, mais de mil berçários – que cuidam de 47 mil bebês e crianças – estão na proximidade de estradas onde o nível de dióxido de nitrogênio do tráfego de diesel excede o limite legal de 40 microgramas por metro cúbico de ar.

O resultado vem quando o governo está sob pressão para melhorar drasticamente a sua estratégia para limpar o ar da nação e devem elaborar um novo projeto de medidas para combater a poluição até o dia 24 de abril.

“A pesquisa sobre a exposição ao fumo do tráfego e o crescimento pulmonar das crianças é bastante consistente. Mostra que tal exposição reduz o crescimento do pulmão, produz a doença a longo prazo e pode causar a morte prematura. Devemos nos indignar de que estamos expondo nossos filhos em desenvolvimento a esses problemas óbvios”, explica Chris Griffiths, professor de atenção primária e saúde pública da Bart’s e da London School of Medicine.

Para realizar o estudo, foram utilizados como base a modelagem de poluição do próprio governo a partir de 2015 para identificar todas as escolas e berçários que estão até 150 metros de uma estrada onde as emissões de Dióxido de nitrogênio (NO2) estão acima do limite legal. Foram encontradas:

  • 2.091 escolas, creches, centros de educação complementar e clubes escolares estão perto de uma estrada que emite níveis ilegais de dióxido de nitrogênio.
  • Há 1.013 berçários cuidando de crianças de seis meses a cinco anos dentro de 150 metros de níveis ilegais de NO2.
  • Cinco das 10 áreas com os piores berçários expostos fora de Londres estavam em West Midlands.
  • Cidades tão distantes como Plymouth, Poole e Hull tinham berçários e escolas em áreas acima dos limites legais de NO2.
  • 15 bairros de Londres tinham pelo menos um quarto dos berçários em uma área com altos índices de NO2 ilegal.

O estudo afirma que a escala da exposição de crianças pequenas a emissões perigosas de diesel é provavelmente uma subestimação, uma vez que se baseia na modelagem governamental que tem sido criticada pelos juízes como excessivamente otimista.

Para a ativista de ar limpo do Greenpeace, Anna Jones, é necessário aumentar a conscientização sobre os níveis perigosos de poluição do ar com dióxido de nitrogênio no país.

“A maioria das pessoas não percebe que todas as crianças do país estão sendo expostas à poluição do ar invisível causada por veículos a diesel”, disse Jones. “Nos disseram que os veículos a diesel eram a escolha mais limpa, mas os fabricantes de automóveis mentiram sobre a poluição tóxica que emitem. A única maneira de tornar nossas comunidades mais seguras é combater a poluição atmosférica. Para corrigir este problema precisamos de transformação em nossas estradas trocando o diesel por veículos híbridos e elétricos. Tanto o governo como as empresas de automóveis precisam trabalhar com urgência para corrigir isso”, complementou.

As emissões de dióxido de nitrogênio do tráfego de diesel causam 23.500 das 40 mil mortes prematuras provocadas por poluição do ar a cada ano, de acordo com dados do Departamento de Meio Ambiente, Alimentação e Assuntos Rurais.

** Fonte: The Guardian