Previna-se das micoses de verão

(Foto: Reprodução/ Google)

O verão é a estação mais propícia para a proliferação de fungos e microorganismos. O aumento da transpiração, o contato com areia e/ou a piscina, e as altas temperaturas formam o cenário ideal para o surgimento das micoses – uma infecção causada por fungos que aparece geralmente nos pés, na virilha, nas unhas e no couro cabeludo.

Segundo a infectologista Ligia Pierrotti, do Lavoisier Medicina Diagnóstica, as micoses se iniciam como uma lesão avermelhada, que provocam coceira e escamação da pele. No caso das unhas, as micoses podem ocasionar deformação e descolamento.

A micose é contagiosa e pode ser transmitida de uma pessoa para outra, porém na maioria das vezes o sistema imunológico consegue combater a proliferação dos fungos, sem causar qualquer sintoma.

Por isso, é necessário ficar atento a algumas situações, que podem favorecer o aparecimento da doença, como: suar excessivamente, trabalhar em locais

quentes e úmidos, andar descalço em lugares úmidos, ter uma má circulação sanguínea e ter lesões ou infecções nas unhas.

Se o problema for detectado é fundamental consultar um especialista. “O tratamento pode envolver administração de medicamentos orais e tópicos, de acordo com o local atingido e com a extensão da infecção, que pode ser superficial ou profunda. Quanto mais cedo o problema for detectado, mais rápido será o tratamento. Porém, o paciente nunca deve se automedicar”, adverte Pierrotti.

A infectologista alerta que evitar sapatos apertados, secar bem as dobras do corpo e não compartilhar roupas e toalhas são algumas medidas de prevenção muito eficazes. Confira abaixo outras atitudes para prevenir as micoses:

* Não compartilhe toalhas e roupas, mesmo com pessoas conhecidas;

* Evite andar descalço em pisos úmidos e públicos;

* Procure secar bem as dobras do corpo;

* Evite usar calçados fechados por muito tempo;

* Não use sapatos apertados;

* Evite o uso de meias que não sejam de algodão (o algodão deixa a pele respirar e não retém o suor);

* Não utilize lava-pés de piscinas e saunas;

* Só utilize tesouras, lixas de unha e alicates de cutícula próprios ou esterilizados.