Vai viajar no Carnaval? Saiba como se proteger da febre amarela

(Foto: Reprodução/ EBC)

Quem pretende viajar durante o carnaval precisa tomar alguns cuidados, principalmente se o destino teve casos recentes de febre amarela e ainda não for vacinado.

Segundo o Ministério da Saúde, foliões que irão para cidades afetadas no carnaval (25) devem tomar a vacina o mais rápido possível, já que a medicação leva 10 dias para fazer efeito.

No Brasil, o recomendado é que a vacina seja tomada em duas doses. Para crianças, uma dose aos 9 meses e outra, aos 4 anos. Para adultos, o intervalo entre as duas doses deve ser de 10 anos. A vacina é contra indicada para crianças menores de 6 meses, idosos acima dos 60, gestantes, mulheres que amamentam, crianças de até 6 meses, pacientes em tratamento de câncer e pessoas imunodeprimidas.

Apenas em janeiro, o país confirmou 234 casos de febre amarela e 79 mortes pela doença, de acordo com boletim divulgado nesta segunda-feira (13) pelo órgão federal.

O Ministério alerta que a vacina deve ser tomada principalmente por quem visitará cidades no leste de Minas Gerais, oeste do Espírito Santo, oeste da Bahia e no noroeste do Rio de Janeiro. Minas foi o estado mais afetado pela doença e já registrou 69 mortes desde o início do surto.

Para auxiliar os cidadãos, o Ministério preparou uma lista com os municípios em que é necessário ou não tomar a vacina.

Quem for viajar para outro país, a Organização Mundial da Saúde também recomenda a vacina e exige apenas uma única dose. Confira a lista de países em que é obrigatória a vacina em http://www.who.int/ith/2016-ith-annex1.pdf?ua=1