Hotel será inaugurado no Rio com certificação de eficiência energética

Com a certificação de eficiência energética e as soluções arquitetônicas do projeto, o Arena Leme, hotel que será inaugurado em 5 de setembro no Rio de Janeiro, irá alcançar uma economia de até 50% de energia.

Na construção das fachadas existe um vácuo de sete centímetros entre o acabamento externo e as paredes, para que o ar quente não fique concentrado. Este acúmulo de ar é dispersado, através de uma espécie de chaminé na área superior do edifício.

Já os vidros externos foram desenvolvidos com tecnologia alemã e material ecoambiental. Em cada placa existe uma película que favorece a passagem de luz e evita que o calor ultrapasse.

(Foto: divulgação)
(Foto: divulgação)

Na cobertura, o porcelanato do piso opera como uma manta com isolante térmico. Nos apartamentos, toda a água descartada é tratada e reutilizada nos vasos sanitários já que os banheiros lideram o consumo de água.

Segundo José Domingo Bouzon, “Os números iniciais assustam porque uma obra normal é muito mais barata. Quando se faz o orçamento é possível calcular que o projeto ficará, ao menos, 30% mais caro. Optar por uma construção sustentável requer mão de obra especializada e materiais mais caros. Mas os ganhos no futuro compensam. Na hora de pensar os gastos com manutenção e, principalmente, o impacto no planeta, o investimento torna-se muito mais atrativo”.

* Com informações da assessoria de imprensa