Deficientes auditivos podem contar com a ajuda de aplicativo que transcreve voz em texto

(Foto: Unsplash)

A inclusão social é um tema que vêm ganhando destaque nos últimos anos e não podia ser diferente: de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), até 2055, o número de pessoas com algum tipo de deficiência auditiva pode chegar a 900 milhões!

Pensando nisso, o Google desenvolveu um aplicativo que facilita a comunicação de surdos, por via escrita, e pessoas com diversos níveis de deficiência auditiva, o Live Transcribe, disponível gratuitamente para plataformas Android – e similares para usuários de iOS, como esse ou esse aqui.

Como funciona: para utilizá-lo, as pessoas precisam apenas ter um smartphone e o aplicativo instalado. A ferramenta, que está em fase de testes, é capaz de transcrever falas em mais de 70 línguas e dialetos. Além da transcrição, o aplicativo disponibiliza um teclado que permite que as pessoas com deficiência respondam o que está sendo falado. Basicamente, é assim:

Alguns recursos:

• Ação bilíngue com alternância rápida entre dois idiomas;

• A transcrição reflete a qualidade do áudio recebido pelo microfone. É por isso que o Live Transcribe é compatível com microfones externos encontrados em fones de ouvido com fio, Bluetooth e microfones USB;

• O indicador de intensidade e ruído mostra o volume da voz do falante em relação ao barulho do ambiente;

• O retorno tátil opcional sinaliza quando alguém começa ou volta a falar com você;

• Disponível no Android 5.0 (Lollipop) e versões posteriores;

• Privacidade: as conversas ficam protegidas no seu dispositivo.

O Live Transcribe foi um trabalho em conjunto desenvolvido por funcionários do Google de diversos locais do mundo. Dimitri Kanevsky, cientista e pesquisador do Google especializado em reconhecimento de discursos, foi quem inspirou a solução – ele é surdo desde criança e desenvolveu uma tecnologia semelhante, mas que precisava de mais dispositivos além de um smartphone:

*Com informações do StarSe.