Canoa solar: sim – “w can” – a navegar pela Amazônia

(Foto: Reprodução)

Tapiatpia ajuda comunidades indígenas a navegar pela Amazônia. A canoa percorre 67 km pelos rios Capahuari e Pastaza, no Equador e transporta cerca de mil pessoas que vivem em nove assentamentos, desde 2017.

Segundo a BBC, este seria o primeiro sistema fluvial comunitário solar nesta parte da Amazônia. A canoa, feita em fibra de vidro, utiliza 32 painéis solares e se inspira em embarcações usadas por indígenas que vivem no norte do país. O projeto Kara Solar foi desenvolvido pelo americano Oliver Utne, que conviveu com a comunidade. Antes, o transporte entre as aldeias Achuar era feito por barcos movidos a gasolina e diesel.

Bicicleta elétrica vintage radical

A Scrambler S da Vintage Electric tem suspensão dianteira e pneus para trilhas, bateria de lítio de 1,12 kWh e tem energia suficiente para percorrer até 120 km. Uma tela montada no guidão permite controlar o uso da energia.

Segundo o site Vintage Electric, a bike custa caro: US$ 6.995 (cerca de R$ 25.645) e é possível adicionar um motor traseiro de 3 kW (4 cv), para Race Mode, ajudando a bicicleta a acelerar até aos 58 km/h.

Fonte: Motor24

Estudo prevê crescimento de 35% ao ano para veículos elétricos até 2025

Cerca de 80% dos veículos elétricos vendidos até o momento, segundo o estudo, foram fabricados na mesma região em que foram comercializados. Até 2025, as vendas globais devem alcançar 13 milhões de unidades/ano, crescimento anual de 35%, segundo o Conselho Internacional sobre Transporte Limpo.

O relatório analisa o mercado global de veículos elétricos, incluindo os principais fabricantes e as políticas de apoio implementadas para estimular investimentos no setor, onde grandes empresas já se aproximam de economias de  escala com mais de 100 mil veículos elétricos por ano.

A China respondeu por 50% da produção mundial em 2017, seguida pela Europa com 21%, os Estados Unidos com 17%, o Japão com 8% e a Coréia do Sul com 3%.

Dos 20 maiores fabricantes de veículos elétricos, nove têm sede na China, quatro na Europa, três nos Estados Unidos, três no Japão e um na Coreia do Sul.

THINKING GREEN

Estamos na Bio Brazil Fair | Biofach América Latina, a maior feira de orgânicos da América Latina. Dia 07 de junho, acontece um Fórum para falar do futuro do campo, da conectividade e da agrotech. Teremos 13 m² de exposição com veículos e dispositivos que vão revolucionar a agro, nos próximos anos. Veja nosso espaço, nos prestigie!

Confira a programação completa em: http://www.biobrazilfair.com.br/thinking-green.asp