Paraná anuncia isenção de IPVA para carros elétricos

O governador Carlos Massa Ratinho Junior participa da segunda edição do Smart City Expo Curitiba 2019. (Foto: Gilson Abreu/ ANPr)

A intenção de zerar a alíquota do IPVA para usuários de carros elétricos virou anteprojeto de lei assinado no evento Smart City Expo Curitiba, e busca  incentivar o uso de veículos com essa tecnologia no Paraná. A alíquota atual de 3,5% passará a ser de 0%. O texto segue agora para a Assembleia Legislativa.

O governador Ratinho Jr também assinou um despacho pedindo ao Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) que aplique isenção (ICMS) na aquisição dos carros elétricos. Se houver autorização do órgão, o Paraná baixará para zero esse tributo.

Segundo o governador, o Paraná é o primeiro estado a conceder incentivos para produção de carros elétricos. “Queremos que a gestão pública esteja mais perto da tecnologia. Também é um incentivo para que a Comissão de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior da Assembleia nos ajude a encontrar soluções”, declarou Ratinho Junior.

O novo carro elétrico Piëch Mark Zero promete carga de baterias em menos de 5 minutos

(Foto: Divulgação)

O Piëch Mark Zero é um GT elétrico com autonomia para 500 km, de acordo com o WLTP. O tipo especial de célula dificilmente esquenta durante as fases de carga ou descarga. Por causa do aquecimento reduzido, as baterias podem ser resfriadas por ar apenas. Isso contribui para uma redução geral do peso de cerca de 200 kg, resultando em um peso total do veículo de menos de 1.800 kg. No eixo frontal, um motor assíncrono gera 150 kW, enquanto no eixo traseiro, dois motores assíncronos geram 150 kW cada um, garantindo a sensação típica do carro esportivo.

A parceira de bateria da Piëch Automotive é o DESTEN Group Ltd., sediado em Hong Kong, China, com um centro de pesquisa e desenvolvimento em Qingdao, China. A TGOOD opera 210.000 estações de carga em mais de 300 cidades..

Especificações do Piëch Mark Zero*:

– Comprimento: 4,43m
– Largura: 1,92m
– Altura: 1,25m (com/sem espelhos laterais)
– Peso: Menos de 1.800 kg
– Distância entre eixos: 2,62m

Desempenho:
– Rendimento do sistema: Eixo frontal: um motor assíncrono gera 150 kW
– Eixo traseiro: dois motores assíncronos (mecanicamente desacoplados) geram 150 kW cada um.
– Aceleração: 0 a 100 km/h em 3,2 segundos
– Velocidade máxima: 250 km/h

* Especificações são valores visados do projeto

Via: Agência EFE

Bikes vintages com potência de futuro

Para quem curte o estilo retrô, essas bikes com estilo de motos antigas são um alento para os olhos e cobiça para fazer bonito nas ciclovias. Mas pedala, por que os preços estão chocantes.

Novas bicicletas elétricas Rayvolt, a lá Barcelona

Apesar da pouca idade, a Rayvolt construiu um número impressionante de bicicletas, inspiradas em design vintage ou steampunk, que usam couro e acentos com cobre.

Um motor embutido auxilia o pedal nas subidas e a bike vem com rastreamento antifurto, combinação de GPS, WiFi e Bluetooth.

(Foto: Divulgação Rayvolt)
(Foto: Divulgação Rayvolt)
(Foto: Divulgação Rayvolt)
(Foto: Divulgação Rayvolt)
(Foto: Divulgação Rayvolt)

Você pode conhecer mais sobre a Rayvolt em: www.rayvoltbike.com.

Via: electrek.co

THINKING GREEN E ONB, parceria forte na maior feira de orgânicos da América Latina, a Bio Brazil Fair | Biofach América Latina e Naturaltech 2019. Aguarde!

Até semana que vem!