Robôs-táxis, elétricos e sem volante para 2020

(Foto: Reprodução/ YouTube)

Começamos essa semana com uma notícia que tem se repetido nos últimos anos: a Tesla de Elon Musk provocando corrida por inovações com elétricos e autônomos e a concorrência fazendo o papel de correr atrás. Desta vez, a empresa planeja para 2020 “robô-táxis” autônomos.

E também um novo chip para o sistema  semiautônomo, chamado Autopilot, para um carro sem volante, reporta a France Press. Segundo ele, ainda depende da aprovação das leis para o serviço de transporte autônomo de táxis.

Como isso ainda depende de aprovação legal, os veículos da Tesla não ainda vão implementar a definição padrão de autonomia de “nível 4”, em que o carro controlaria todas as funções com um humano em espera, nem uma autonomia de “nível 5”, que não necessitaria humanos.

A Tesla pode adicionar um aplicativo de viagens compartilhadas, para que, no futuro, os donos possam compartilhar seus carros. Musk exagera um pouco nas previsões. Já disse que, em 2018, carros iriam “da garagem para o trabalho, sem ninguém tocar em nada”. Musk explicou que a companhia ficará com uma taxa de 25% a 30% do valor cobrado dos clientes, nada muito diferente do já praticado por empresas como Uber.

GM também quer carro sem volante

(Foto: Divulgação)

A General Motors também anunciou que pretende produzir em série um modelo sem volante e pedais chamado Cruise AV. A previsão para esse ano já furou.

Elétricos e híbridos

√ Ford vai produzir carro elétrico utilizando a plataforma da Rivian

√ BMW lança nova versão do carro elétrico i3 no Brasil

(Foto: Divulgação)

√  Xiaomi lança bicicleta elétrica com aspeto de moto

THINKING GREEN E ONB, parceria forte na maior feira de orgânicos da América Latina, a Bio Brazil Fair | Biofach América Latina e Naturaltech 2019. Aguarde!

Se gostou compartilhe, nos vemos semana que vem! E que seja produtiva.