Tesla já olha Audi, BMW e Mercedes pelo retrovisor nos EUA

(Foto: Divulgação)

À frente de todos os rivais tradicionais no país norte-americano, montadora comercializou 83.500 elétricos no mundo somente no terceiro trimestre de 2018.

O sedã Model 3 é o carro chefe com 55.840 unidades comercializadas. O grande Model S segue no ranking, com 14.470 vendidos, enquanto o crossover Model X emplacou 13.190 unidades (fonte: Statista).

Só em agosto, segundo a consultoria Clean Technica, a fabrica vendeu 17 mil carros e se tornou a líder entre as marcas de luxo por lá. Mais do que os 9.734 veículos Série 2, 3, 4 e 5 da BMW, do que os 8.724 modelos Audi A3, A4, A5 e A6, e do que os 7.953 carros Mercedes-Benz Classe C, CLA, CLS e Classe E. Estamos falando de modelos a combustão, com raros exemplares híbridos.

Segundo o site Handelsblatt, as montadoras germânicas investiram cerca de 40 bilhões de euros, algo como R$ 173 bilhões, nos próximos três anos para lançar elétricos que possam competir com o Model S da Tesla, o SUV Model X e o Model 3.

A Audi, depois de revelar E-tron, começará a vendê-lo por 80 mil euros,  R$ 345 mil, na Alemanha. Bem mais do que o Tesla Model X, oferecido no mesmo país por R$ 309 mil. A Mercedes-Benz, quer o EQC. O SUV com design futurista nesse mercado com força. O veículo atinge 100 km/h em 5,1 segundos, com autonomia de 450 km, podendo passar dos 10% de carga para 80% em apenas 40 minutos.

Fonte: Revista Auto Esporte

BALANÇO DO SALÃO DO VEÍCULO ELÉTRICO

Semana que vem começa o Salão do Veículo de SP que promete agitar em mobilidade, autônomos e híbridos, inclusive criando o Dia do Carro Elétrico, com direito a desfile.

Nós do ONB e do Blog do veículo elétrico, apresentamos a você um balanço em vídeo do
que aconteceu na 14ª Plataforma do Veículo Elétrico Latino-Americano, da qual fomos mídia partner e exibimos matérias exclusivas no organicsnewsbrasil.com.br

Veja o vídeo e diga o que você achou do evento: