Carne processada causa câncer?

Você deve ter visto toda a repercussão da publicação da Organização Mundial de Saúde, que afirma que o consumo de carne processada pode aumentar o risco de se desenvolver câncer de intestino.

Os 22 experts da Agência Nacional de Pesquisa sobre o Câncer, da Organização Mundial de Saúde, analisaram, em 10 diferentes países, mais de 800 estudos que associaram mais de 12 tipos de cânceres ao consumo de carnes vermelhas.

Os pesquisadores classificaram o consumo de carne vermelha como provavelmente cancerígeno. Mas a carne processada, como os embutidos, por exemplo, foi taxada como carcinogênica para humanos, causando principalmente câncer colorretal.

Os experts falam até em quantidades: cada porção de 50 gramas de carne processada consumida diariamente aumenta o risco de câncer colorretal em 18%!

Mas vamos com calma! É o consumo diário de pelo menos essa quantidade que pode aumentar o risco de câncer. E devemos considerar que temos sistemas de defesa no nosso organismo que neutralizam as substâncias potencialmente cancerígenas. Nossa flora intestinal, quando equilibrada, faz esse trabalho. E ainda ingerimos, na nossa alimentação, compostos antioxidantes que ajudam nosso organismo a eliminar tudo o que não nos faz bem. A manutenção da nossa saúde se dá pelo equilíbrio, e sem restrições ou terrorismo nutricional. Vamos comer o que nos dá prazer, e se o que nos dá prazer pode nos causar algum prejuízo, podemos moderar a quantidade e ainda neutralizar esse possível dano com o consumo de alimentos de origem natural, como verduras, legumes e frutas, ricos em compostos bioativos que protegem nosso organismo!

Ah, a vida saudável também engloba ter uma boa qualidade do sono, desenvolver atividades de lazer, praticar atividades físicas regularmente e, sempre que possível, evitar o estresse!

churrasco-familia-amigos-uma-otima-combinacao_3_600_1962