O volante e a estrada da Serra da Mantiqueira como terapia e não arma

(Foto: Arquivo Pessoal/ Cecília Faipó)

Eu frequento a região de São José dos Campos, Monteiro Lobato e São Francisco Xavier desde 2004 e foram inúmeras as barbaridades de motoristas que presenciei. Até com meu ex-marido eu sempre chamava a atenção, quanto a correr sem necessidade e colocar vidas em risco. Mas venho observando, ao comentar com amigas, que sempre sofreram quando são os maridos que dirigem o carro. Até costumo dizer que algo acontece com os testículos e a injeção eletrônica, parece que ficam possuídos, ocorre uma conexão onde acelerar domina a personalidade e desafiar a morte se torna um prazer.

Até 2010 eu somente viajava para São Francisco Xavier nos finais de semana, mas agora que moro, são mais frequentes as viagens e por isso observo mais como os motoristas abusam nos locais que são proibidas ultrapassagens. E ao tomar consciência do último acidente com dois ônibus – um deles escolar, fazendo crianças sofrerem um acidente por falta de responsabilidade dos condutores.

Desde julho de 2015, eu tenho tirado o melhor do volante e da Serra da Mantiqueira e aqui vou compartilhar o quanto de saudável pode ser dirigir com cautela e respeito pelo próximo.

Eu confesso que amo dirigir nas estradas e até pouco tempo preferia as retas e enormes autopistas, mas aprendi a admirar as com curvas sinuosas ou acentuadas, porém românticas. Eu quero oferecer informações para o seu físico, ressaltar que estar atrasado é um mau início para dirigir, acordar mais cedo e ter uma rotina saudável muda tudo no volante.

Se você é como eu que acorda muito cedo, mas não importa, se o corpo se adapta ao desconforto é muito óbvio que irá se adaptar ao confortável. Ter uma rotina com um despertar repleto de carinho para o corpo que é quem vai te levar aos mais diversos destinos: trabalho, escola, reunião, consulta, passeio, etc.

(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

Ao acordar espreguice o mínimo que possível, mas estique todo o corpo e sinta-o, encha os pulmões de ar e agradece por mais um dia repleto de oportunidades para trabalhar, amar, criar, receber, celebrar… beber um copo de água para hidratarem todas as células.

Ao urinar, observe cor e cheiro, que são sensores para perceber o quanto está precisando de cuidados com sua alimentação, hidratação, afinal seu corpo é a maior parte composto de água e a pressão arterial em longo prazo é regulada pelos rins. Beba água com alegria no coração e muita gratidão e lembre-se têm pessoas que não tem água para o básico.

Tomar um banho para despertar do sono e cansaço é um inicio maravilhoso. Comer uma fruta ou tomar um suco natural vai suprir nutrientes que precisam ser repostos. Comer algo que te deixa preparado para o inicio da manhã também é de extrema importância. Costumo deixar uma mesa arrumada todas as noites com cafeteira pronta, ingredientes do meu suco vivo lavados para facilitar o preparo. Também deixo a roupa que vou usar já na combinação que mais me agrada.

Eu tenho uma rotina de praticar seis exercícios tibetanos para ter energia para o trajeto da viagem, mas você pode encontrar alguns simples exercícios que o deixe mais desperto e consciente da responsabilidade do dirigir.

(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

Também faço meditação e uma oração porque acredito no poder do não visível.

Quando entrar no carro sente-se confortável e perceba o corpo e o carro, por alguns minutos é possível sentir a dimensão que se conecta entre motorista e automóvel. Não se tornar o carro é uma reflexão balanceada e alinhada com eixos e suspensão, porém metais, borrachas, óleos, bombas, motor, combustível, fios elétricos, vidros do carro e ossos, músculos, tendões, ligamentos, coração, veias, artérias, olhos, cabelo e sentimento do seu corpo humano e de outro humano.

Ao ligar o automóvel tenha a consciência que você é quem conduz. Você não é a marca de um carro. Você é um ser humano com sonhos, vontades e deveres. Do topo da sua cabeça e pontas dos pés correm sangue e oxigênio, você tem um corpo rico em funcionalidade e desejos. Se o seu problema é atraso, acordar mais cedo te fará mais saudável.

Se você não se identifica com a sequência de cuidados que citei acima, lave o seu banheiro, varra o seu quintal antes de sair, ouça uma música, mas encontre algo que te inspire ser um SER RESPONSÁVEL e que RESPEITA VIDAS.

O horário que pego a serra ainda está escuro, porém ver os animais que estão cruzando a estrada me encanta, ouvir o barulho da mata e águas me despertam uma paz contagiante, fazer o carro seguir a estrada como se estivesse desfilando, eu o conduzo, eu não sou um carro, eu e você somos pessoas que almejamos FELICIDADE, SAÚDE, AMOR e PROSPERIDADE.

(Foto: Reprodução/ Shutterstock)
(Foto: Reprodução/ Shutterstock)

Muitas vezes tive que desacelerar para evitar erros de pessoas. A brutalidade cria uma energia densa. Que direito um condutor tem de quebrar o espelho de outro condutor? Dar pesadas no carro de outra pessoa? Uma vez na marginal Tiete, presenciei um motoqueiro que porque o senhorzinho que dirigia um Gol não abriu passagem pra ele, ele quebrou o retrovisor do lado direito. Quando passei ao lado e os observei, eles assustados pelo ocorrido. Olhei e falei: “Sinto muito”. Agora que vida amarga tem esse motoqueiro para danificar o carro de outra pessoa? Imaginei: seis horas da manhã e esse motoqueiro está assim, e à tarde como estará? E se esse casal está indo ao hospital? Não importa para aonde estavam indo, eles não fizeram nada de errado.

Eu penso que a monstruosidade de alguns condutores deveria ser captada pelas câmeras e uma multa ser enviada, porque só assim quem sabe conseguiremos um pouco de respeito com o próximo.

São muitas as situações benéficas que se pode extrair no momento de conduzir um veiculo ou moto. No carro até estudar línguas, refletir ou meditar sobre o dia, cantar, rezar, praticar exercícios de respiração…

Na moto já é mais complicado, porém observar a postura do tronco para que não tenha problemas na coluna e trabalhar um pouco de contração abdominal são incentivos que auxiliam para um bem estar físico e mental.

Faça da condução um meio de deslocamento saudável para você e para o outro.

Viva!!!