Animais de estimação e o medo dos fogos de artifício

cão natal
(Foto: Darek Roslaniec/ Unsplash)

As festas de final de ano chegaram e muita gente ainda gosta de comemorar soltando fogos, o que é muito bonito, mas é o terror de muito animais. A Dra. Patrícia Tahan, médica veterinária do Pet Shop Novo Pet, explica em artigo exclusivo para o Blog +Pets os motivos desse medo e como ajudar os peludos nessa hora.

Não solte fogos! Respeite os animais.

 

Animais de estimação e o medo dos fogos de artifício

*Patrícia Tahan

O medo de ruídos altos, principalmente fogos de artifício e trovões, é muito comum entre cães e gatos, o que gera muitos problemas comportamentais. Os animais demonstram alterações através de tremores, choro, uivos, latidos e urina involuntária. Alguns podem até ficar agressivos.

Isso acontece, pois eles associam o ruído alto com algo negativo que pode acontecer, transformando a ansiedade em fobia. Não deve haver punição para estas demonstrações de medo, para não reforçar a combinação de barulho alto com algo que será ruim, porque ele vai associar o barulho dos fogos ao medo e à punição.

Por outro lado, acariciá-lo demais durante estes momentos pode levá-lo a associar o comportamento ansioso a uma recompensa e, dessa forma, ele ficará cada vez mais alterado.

Podemos minimizar esse medo dando uma conotação positiva aos ruídos, mantendo a calma, para que ele se acostume com os barulhos e perceba que nada ruim acontecerá.

A ansiedade associada à fobia aumenta consideravelmente com o passar dos anos, por isso é necessário ajudar o seu pet a lidar com ruídos altos.

Deve-se providenciar um local para que ele possa se esconder, um refúgio. Assim, se sentem protegidos e o barulho alto fica menos intenso.

Também é possível diminuir a sensibilidade para ruídos altos através da reprodução destes sons, em um volume baixo, em um curto período de tempo, monitorando o comportamento do animal. Nessa hora, deve-se promover distrações como brincadeiras, petiscos ou outra atividade agradável para ele. Caso o animal esteja apavorado demais para descontrair e participar das atividades, deve-se diminuir a intensidade do estímulo sonoro e tentar novamente em outra ocasião. Este processo é longo e requer paciência, mas no final seu cão se sentirá muito mais à vontade em momentos assim.

No mercado existem medicamentos e suplementos alimentares capazes de auxiliar no controle da ansiedade e irritabilidade de cães e gatos, promovendo o equilíbrio emocional de animais estressados e medrosos, porém é imprescindível  consultar um médico veterinário para que o animal seja minuciosamente avaliado e a medicação e/ou terapia comportamental mais adequadas sejam instituídas.

** Dra. Patrícia Tahan é médica veterinária com pós-graduação em Homeopatia e mestranda em Medicina e Bem-estar Animal | Pet Shop Novo Pet – www.petshopnovopet.com.br |http://homeopatiaparapets.blogspot.com.br | facebook.com/maisquebicho

 

+Notícias

 

Primeira linha brasileira de alimentos orgânicos para cães

A cada dia é maior a busca por alimentos saudáveis e naturais que proporcionem uma melhor qualidade de vida aos animais de estimação. Com o objetivo de atender estes consumidores, a Dr. Stanley lança a linha All Love, pioneira no Brasil por oferecer alimentos completos (ração) e biscoitos com certificação orgânica para cães. Os alimentos são 100% naturais, sem transgênicos, corantes ou conservantes.

(Foto: Divulgação/ All Love)
(Foto: Divulgação/ All Love)

“Após dois anos de pesquisas, lançamos no mercado a linha All Love, feita com ingredientes orgânicos, altamente selecionados. Todo o processo de preparação das receitas é feito com o máximo de cuidado para um alimento seguro e saboroso para os pets. Pensamos sempre na saúde e bem-estar dos cães”, afirma o fundador da Dr. Stanley, Rodrigo Bazolli, doutor em medicina veterinária.

Os alimentos completos (ração) são assados em fornos, diferentemente das rações comerciais, que são extrusadas. “Esse diferencial permite a manutenção dos nutrientes naturais dos alimentos e maior sabor”, explica Bazolli. A linha conta com diversas opções: peixes marinhos, frango e até versões para cães gulosos (com menos calorias) e vegetarianos (sem ingredientes de origem animal). Os biscoitos já estão à venda em quatro opções: Aveia & Mel, Maracujá & Camomila, Maçã & Canela e Banana & Tapioca.

Mais informações: www.drstanley.com.br / drstanley@drstanley.com.br

 

Momento Fofura

Gatos adoram árvores de Natal. Lindos!

 

Pet da Semana

Essa é a Mila, a gatinha persa de 11 meses da Bethânia Lima, 20 anos, estudante, mora em Guarulhos, zona norte de São Paulo.

(Foto: Arquivo Pessoal)
(Foto: Arquivo Pessoal)