Seis dicas para cuidar do seu pet no verão

cachorro bebendo água
(Foto: Pixabay)

O calor está de matar e os pets precisam de cuidados especiais para não sofrerem ou, até mesmo, adoecerem. A Dra. Gabriela Muniz, da Clínica Veterinária Cuidar, escreveu um artigo com algumas dicas para manter a saúde dos animais nesse período. Confira!

 

Seis dicas para cuidar do seu pet no verão

Durante a estação mais quente do ano, muitos pets se sentem incomodados pelas altas temperaturas. Por isso, devemos tomar alguns cuidados especiais para manter a saúde desses animais em dia. Preparei seis dicas simples que irão garantir o bem estar do seu pet nesse verão:

Hidratação é essencial – por mais que pareça óbvio, sempre vale a pena lembrar. Nessa estação é comum os animais, principalmente os mais peludos, ficarem bem desidratados. Para garantir que isso não aconteça, uma ideia interessante é facilitar esse contato espalhando várias vasilhas de água pela casa, assim ele poderá se hidratar sem fazer muito esforço. O ideal é manter a água sempre fresca e limpa, mas se você ficar fora por muito tempo faça a troca ao menos duas vezes por dia e mantenha os potes na sombra. Se você ainda quiser dar um mimo ao seu animal, pode variar com uma água de coco bem geladinha!

Evite passeios nos horários mais quentes – outro cuidado importante é evitar passear com seu animal entre 10h e 17h. Mesmo fora desse período, dê preferência aos locais com árvores, sombra, piso frio ou grama. Se não for possível, verifique se a temperatura do asfalto está suportável. Para saber, faça o teste colocando sua mão no chão por 20 segundos. As patas dos pets são muito sensíveis e poderão esquentar rapidamente caso a superfície esteja quente e, em casos mais graves, esse contato pode gerar queimaduras. Lembre-se também de levar uma garrafinha com água fresca e verificar se o animal está salivando muito, se isso acontecer procure resfria-lo com água nas patinhas e na boca. Faça o mesmo se ele se deitar no chão e não quiser prosseguir com a caminhada, também é recomendado aguardar pelo menos quinze minutos para retornar o passeio para casa.

Use filtro solar – assim como nós, os animais também precisam se proteger contra o câncer de pele, por isso devem usar filtro solar. Existem diversas marcas específicas para uso animal no mercado ou você pode mandar manipular a fórmula. A recomendação é aplicar nas partes menos cobertas por pelos, como pontas da orelha, barriga e nariz, principalmente em animais de pelo curto, pelagem branca ou de mucosas claras. Também vale lembrar que, em hipótese nenhuma, você deve ser usar o filtro solar destinado a humanos, pois esse pode causar intoxicações se for lambido pelo pet.

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Se ele comer menos, não se desespere – durante o verão é normal os animais diminuírem seu ritmo de alimentação. Não se preocupe com isso, o máximo que você pode fazer é oferecer várias porções ao dia do alimento para ver se ele se anima um pouco mais em comer.

Banho e tosa pra ontem – assim como ninguém gosta de vestir casaco no verão, para os bichinhos também é um sofrimento passar pela estação coberto de pelos. Então, providencie uma tosa, ao menos a higiênica, para seu pet agora mesmo. Além de contribuir para a higiene, o hábito irá refrescar os animais. Banhos também são indicados uma vez por semana. A recomendação é lavá-los com água em temperatura ambiente e xampu especial para pets, neutro e hipoalergênico.

Fique atento aos sinais de doenças – micoses, piolhos, sarnas e parasitas de pele são mais comuns no verão. Para evitar que o animal contraia alguma dessas enfermidades, recomenda-se evitar levar o cão ou o gato a locais muito frequentados por outros animais e aplicar remédios antipulgas e anticarrapatos a cada 21 dias.

Enfim, todas essas dicas são bem simples de seguir e irão proporcionar um grande alívio ao seu animal. Então, não perca mais tempo, comece a coloca-las em prática agora mesmo!

** Gabriela Muniz é formada em Medicina Veterinária pela Universidade Santo Amaro (UNISA) e proprietária da Clínica Veterinária Cuidar.

Telefone para contato: (11) 5084-5641

** Com informações da assessoria de imprensa

 

+Notícias

 

Veterinário alerta sobre o aumento de intoxicação de animais domésticos por medicamentos de uso controlado

A negligência dos donos de cães e gatos tem causado um grande dano à saúde dos fiéis companheiros do homem.  A constatação é do médico veterinário Dr. Paulo José Barros Magalhães, da Clínica barretense CãoPeão, que afirma que os incidentes com medicamentos têm aumentado consideravelmente nos últimos dois anos.

Remédios para insônia, depressão, síndrome do pânico e outras doenças psíquicas estão entre os principais medicamentos ingeridos acidentalmente por cães e gatos. Outros medicamentos de uso controlado também estão na lista dos negligentes.  Dr. Paulo Magalhães percebeu o aumento nos últimos anos e atrela o descuido a problemas pessoais e globais, “as pessoas aderiram uma rotina desordenada de trabalho e relações pessoais e não estão sabendo administrar isso, consequentemente o ambiente familiar fica sem cuidado, prejudicando inclusive os animais”, explica.

Cuidado!

** Com informações da assessoria de imprensa

Alimentação nutritiva e com sabor no verão

Se para nós o verão já pede cautela na hora de se alimentar, com nossos pets não é diferente. A temporada mais quente do ano pode ser aflitiva para os peludinhos, apresentando episódios leves de vômito, falta de apetite e outros sintomas que dificultam a alimentação e ingestão de vitaminas necessárias para a saúde e vitalidade dos pequenos.

Ocorre que a digestão é um processo que gera calor, e é preciso a concentração de sangue no aparelho digestivo para que o processo de digestão e a absorção dos nutrientes ocorram adequadamente. Só que as altas temperaturas fazem com que o corpo aja justamente ao contrário: dispersa o sangue para a superfície a fim de inibir a sensação de calor. Porém, uma vez que o sangue se concentra fora do tubo digestivo, fica comprometida a digestão da refeição e, por instinto e autodefesa, eles passam a comer menos, preocupando os “papais” de pets.

(Foto: Maya Brasiliano/ Comida Pet Delícia)
(Foto: Maya Brasiliano/ Comida Pet Delícia)

Por isso, o bem-estar dos pets na alta temporada depende de uma alimentação mais saudável, leve, de fácil digestão e fresca, como as comidinhas desenvolvidas pela Pet Delícia, empresa pioneira em alimentação natural para cães e gatos, que, além de frescas e úmidas – o que contribui com a hidratação dos pets nos dias mais quentes – contém proteínas que dão energia, combatendo a fraqueza natural da estação. Além disso, seus ingredientes bem selecionados melhoram as funções intestinais e digestivas, além de auxiliar na proteção do sistema urinário e controle do volume de fezes.

Para os cães, a marca desenvolveu refeições leves, saborosas e completas, como a “Jardineira de Frango”, comidinha produzida sem grãos e com ingredientes de alta digestibilidade, evitando a sobrecarga estomacal. Preparada com carne de frango, legumes selecionados e enriquecida com vitaminas e minerais, a receita possibilita uma melhor absorção de nutrientes pelo organismo.

(Foto: Maya Brasiliano/ Comida Pet Delícia)
(Foto: Maya Brasiliano/ Comida Pet Delícia)

Já os felinos, de natureza estritamente carnívora, podem se deliciar com a “Maravilha de Frango”. Sem grãos, a receitinha é preparada com peito de frango, coração bovino, legumes selecionados e alga nori, altamente enriquecida com cálcio, ferro, vitaminas A, B e C. Além de saborosa, é uma refeição de fácil digestão e bastante nutritiva.

Os alimentos da Pet Delícia são preparados com muito amor, por uma equipe de nutricionistas e veterinários que conhecem todas as necessidades dos peludinhos, 100% naturais, sem conservantes, corantes ou sabores artificiais, além dos Ômegas 6 e 3 – que ajudam a manter os níveis de colesterol adequados e auxiliam na saúde do coração e da pele, assim como vitaminas e sais minerais, que proporcionam uma pelagem mais bonita e brilhante.

Mais informações: www.petdelicia.com.br / https://www.facebook.com/PetDelicia

** Com informações da assessoria de imprensa

 

Momento Fofura

O curta-metragem de animação “The Present” (O Presente), baseado em uma tirinha brasileira “Perfeição”, mostra o cachorrinho que não desiste de brincar e ser feliz mesmo não tendo uma das patinhas. Demonstra como nossos pets podem nos ajudar a superar problemas. É lindo!

 

Pet da Semana

Esse é o Zeus, o pit bull mais bonzinho do mundo! Ele foi doado pela vizinha, por falta de espaço, e desde então tem sido o amigo fiel do estudante de engenharia Felipe Mahlmeister e sua família. É muito fofo, brincalhão e adora caminhadas.

(Foto: Arquivo pessoal)
(Foto: Arquivo pessoal)