Tudo que você precisa saber antes de adotar um gato

(Foto: Pixabay)

Cada vez mais pessoas estão em busca de um companheiro de quatro patas para seus lares. Os animais de estimação enchem a casa de alegria, diversão e trazem muita leveza para o dia a dia. E, quando o assunto é encontrar o companheiro ideal, os gatos saem na frente e encantam os futuros tutores.

Apesar de todos esses bons motivos, é importante ter em mente que trazer um gato para dentro de casa implica em uma série de mudanças na rotina, e todos os moradores têm que estar de acordo para que as adaptações sejam tranquilas, tanto para o bichano quanto para a família.

Para saber se você está pronto para adotar um gatinho, confira essas dicas!

Pesquise… muito!

Antes de adotar um gatinho, informe-se. Pesquise sobre diferentes raças, portes, hábitos e estilos de comportamento dos gatos. Confira quais são os tipos de doenças que o pequeno felino pode ter e também pense se há alguém alérgico a pelos na casa.

Um dos primeiros passos também é se preparar financeiramente: ter um gatinho traz uma série de novos gastos. É preciso provisionar o dinheiro para comprar ração, brinquedos, visitas ao veterinário, cuidados com doenças, entre tantos outros fatores.

Aproveite também para conhecer organizações que podem ajudar você a tomar esta decisão. Visite abrigos que você confie ou vá a feiras de adoção para conhecer os gatinhos disponíveis, perguntar sobre suas histórias e pedir dicas de outros donos.

Tudo isso ajudará você a formar uma opinião e descobrir se esta é a hora certa para adotar o animal.

Converse com pessoas que têm gatos

Bater um papo com pessoas que também têm gatos pode ajudar você a tomar esta decisão. Eles poderão dividir experiências, explicar quais foram as principais dificuldades, além de dar diversas dicas para facilitar a adaptação do bichano ao novo lar.

(Foto: Pixabay)

Divida a decisão com todos na casa

Ter um gatinho em casa é uma decisão que deve ser tomada com extrema responsabilidade. Por isso, se você mora com outras pessoas, este é o momento de dividir com todos a sua vontade de ter um novo pet.

Eventualmente, você precisará de ajuda de alguma maneira, seja para alguém limpar a caixa de areia até ficarem cuidando do pequeno em um momento em que você tiver uma viagem imprevista.

Por isso, não deixe de perguntar aos seus companheiros de casa se todos estão de acordo com a chegada de um novo amigo ao lar.

Prepare-se para as mudanças

É importante que o ambiente esteja pronto para recebê-lo. Deixe a sua casa preparada para o novo membro da família, com uma caminha, comedouros, caixa de areia, ração, brinquedos, arranhador, entre outros itens. Também é importante colocar telas nas janelas.

Como será sua rotina? Estabeleça horários para alimentação, dormir, brincar. Talvez isso não seja seguido tão à risca, mas deixará a adaptação mais simples e ajudará a facilitar a convivência do bichano dentro de casa.

Lembre-se que, dependendo da raça, pêlos pela casa e nas suas roupas provavelmente se tornarão uma realidade, o que pode ser um grande incômodo para algumas pessoas.

Saiba como escolher o seu gatinho

Antes de levar o seu novo amigo para casa, reserve um tempo para conhecê-lo. Vá ao abrigo em que ele estiver, converse com os atuais responsáveis sobre o bichinho, brinque e interaja bastante com ele. Se você morar com a sua família ou com amigos, tente levá-los para conhecer o gatinho também.

Esta também é uma oportunidade de entender como ele se relaciona com outros animais, além de poder escolher qual é o melhor bichano para você: adulto ou filhote? Macho ou fêmea? Mais calmo ou mais agitado? Gatos também têm personalidades muito diferentes.

Cuide da saúde do seu bichinho

Muitas ONGs e abrigos de animais têm uma rotina de cuidados com a saúde dos bichinhos, e isso inclui mantê-los vermifugados, castrados e vacinados.

Quando escolher o seu grande amigo, pergunte se esses cuidados já foram tomados. Em caso negativo, é importante levá-lo a uma clínica veterinária de confiança. Isso garantirá que o felino fique saudável e livre de doenças.

Todos esses cuidados são extremamente importantes na hora de determinar quem será seu companheiro para o resto da vida. Por isso, tenha calma e se prepare com muito carinho para este momento!

Mais informações: https://www.vetquality.com.br/

** Com a colaboração do Marketing