Check-Up Agropecuário

(Foto: Unsplash)

A sua propriedade está dando lucro ou prejuízo? Qual é o cultivo mais apto a ser produzido em sua área? Como potencializar sua produção (controlar pragas, doenças e adubar melhor sua lavoura)?

Todas essas perguntas fazem parte do cotidiano de quem possui uma propriedade agrícola a iniciar produção ou já em produção.

Considerando que essas perguntas tem cunho técnico e dependem de profissional habilitado e com experiência e vivência, novas plataformas de trabalho estão surgindo para suprir essas demandas. Diversas empresas e/ou profissionais habilitados estão desenvolvendo sistemas cada vez mais eficazes em ajudar ao produtor a tomar suas decisões. Sejam através de plataformas de monitoramento climático, outras de solo, sistemas de irrigação e outras tantas que estão dentro do setor que representa 23% do PIB do Brasil.

Com o crescimento do setor agrícola, aumenta o número de empresas que estão oferecendo tecnologias inovadoras com foco em soluções eficientes e seguras. São verdadeiros check-up agropecuários, ou seja, avaliações gerais da propriedade ou do sistema de produção. Sistemas e procedimentos que trazem diversas vantagens ao proprietário:

– Reconhecimento e planejamento de áreas;

– Avaliação de plantas;

– Identificação de falhas no sistema de manejo (irrigação, controle de pragas e doenças, colheita e etc.);

– Eficiência no uso de insumos e água;

– Redução de custo;

– Aumento de produtividade;

Ter um diagnóstico claro e consistente é primeiro passo para tomada de qualquer decisão. Assim é que se inicia o processo de construção de um plano ou negócio. Na implantação de um empreendimento agrícola é fundamental ter um diagnóstico técnico sobre a área em questão, assim como para corrigir falhas no sistema de manejo.

Diversos sistemas e processos são usados para elaboração desses diagnósticos, mas todas levam ao proprietário a enxergar aonde, quando e como podem ser feitos. Esses serviços fazem uso de um tripé básico para o funcionamento que é: Identificar, avaliar e corrigir.

Identificar problemas ou situações não favoráveis é o primeiro passo para resolução dos mesmos, ou seja, senão somos capazes de enxergar o problema não conseguimos corrigi-los. Após a identificação é necessário entender a origem do problema, avaliar o que está acarretando o problema, a origem, é primordial para não permitir que ocorra novamente. E por final corrigir, tarefa que demanda conhecimento para solucionar o problema, analisando a melhor alternativa em termos de eficiência e custo.

Sendo assim para você que é ou deseja ser um empreendedor no setor agrícola, opte por profissionais e plataformas de acordo com sua necessidade para apoio na tomada de decisões. Planeje bem sua ação para que na execução você tenha resultados satisfatórios. Fica aí a dica!

** Este artigo foi escrito pelo Engenheiro Agrônomo, Eduardo Guimarães, da equipe da Agrosuisse