Deserto do Saara: Um continente solar

(Foto: Freepik)

No Saara, o maior deserto do mundo, há um continente inteiro para explorar energia solar. Segundo a NASA, o metro quadrado recebe até 3 mil quilowatts/hora de energia solar por ano. Estamos falando de uma área maior que o Brasil, totalizando mais de 22 bilhões de gigawatts/hora (GWh) por ano. Produziria 2 mil vezes mais energia do que as maiores centrais elétricas do mundo que, somadas,geram  100.000 GWh por ano.

Pode fazer contas: mais de 36 bilhões de barris de petróleo ao dia; abastecer mais de 7 mil vezes eletricidade sem carbono para a Europa.

Os cientistas analisam como a energia solar no deserto poderia atender as demandas na Europa. Existem duas tecnologias para que se possa gerar eletricidade solar neste contexto. A energia solar concentrada (ESC) e painéis solares fotovoltaicos regulares.

Com a ESC se usam lentes ou espelhos para concentrar a energia do sol em um ponto, que se torna incrivelmente quente. Todo esse calor gera energia elétrica por meio de turbinas a vapor.  Porém, os espelhos e as lentes podem ser cobertos por tempestades de areia.

Já os sistemas de aquecimento por turbina e vapor tem a desvantagem de pouca ‘agua, naturalmente.

Ambas as tecnologias podem precisar de água para a limpeza dos painéis. O que torna a água um fator importante a ser considerado. Por isso, muitos pesquisadores sugerem a criação de um sistema híbrido, integrando ambas as tecnologias.

O BRASIL

O Brasil tem cerca de 1,3 milhão de quilômetros quadrados de território sob-risco de se transformar em deserto, o equivalente ao Estado do Pará. Essa área sujeita à desertificação corresponde a 15% do solo nacional, segundo dados do Insa (Instituto Nacional do Semiárido), órgão ligado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação.

Estima-se que o Rio Grande do Norte tenha a área mais suscetível a enfrentar um processo de desertificação em todo o Brasil. Isso porque, cerca de 70% do território sofre com a diminuição da quantidade de chuvas e o solo descoberto, que proporcionam maior condição para que o processo ocorra. Ou seja, temos nessa região muito vento e luz do sol. Como transformar o limão na limonada em proporções solares.

Com informação do site Fatos Desconhecidos

ALTA TENSÃO

√ Liquidação financeira do mercado de energia referente a março tem R$7,7 bi em aberto

√  Gasolina e etanol foram responsáveis por 41% da alta de 0,20% do IPC-Fipe

√ Governo anunciará plano para reduzir preços de gás de cozinha e energia

√ Geração eólica do Brasil cai quase 1%

Boas energias na semana que se inicia! Compartilhe nosso conteúdo, até semana que vem.