FGTS E A ENERGIA SOLAR DOMÉSTICA

(Foto: Reprodução)

FUNDO DE GARANTIA VAI FINANCIAR ENERGIA SOLAR DOMÉSTICA

O seu dinheiro do FGTS que já financia tanta coisa, agora poderá ser usado para aquisição e instalação de equipamentos para a geração elétrica. É o que estabelece o projeto (PLS) 371/2015. A proposta está na pauta da Comissão de Serviços de Infraestrutura.

Do senador Ciro Nogueira (PP-PI), o PLS 371/2015 determina que a energia deve ser gerada a partir de fontes hidráulica, solar, eólica ou biomassa. O interessado terá de comprovar pelo menos três anos de carteira assinada.

O relator do projeto, Wilder Morais (PP-GO), observa que aumentar a oferta de energia com eficiência é “um alvo desejável, sobretudo quando se sabe que a escassez de água será sempre uma ameaça e que os combustíveis fósseis serão sempre poluidores e caros”.

CHEGA DE GATOS?

Outro projeto tem objetivo de tornar obrigatória a substituição das redes aéreas por subterrâneas, em cidades com mais de 100 mil habitantes. A imposição recai sobre as concessionárias e permissionárias de serviço público de distribuição de energia elétrica. Porém, os custos dessa substituição deverão ser cobertos por adicional tarifário pago exclusivamente pelos consumidores. A substituição das redes passaria a ser prioritária apenas em municípios de regiões metropolitanas com mais de 300 mil habitantes, observados ainda outros requisitos técnicos.

Como o exame na CI é terminativo, se aprovado, o projeto seguirá diretamente para exame na Câmara dos Deputados, a menos que haja recurso para que a decisão final no Senado seja em Plenário. A adoção do substitutivo implica ainda uma fase suplementar de votação.

foto- Google
foto- Google

ALTA TENSÃO

Projeto levará energia solar a universidades e escolas técnicas federais

O Ministro Eduardo Braga estudo de coberturas com painéis de geração de energia solar nos estacionamentos das universidades federais, para reduzir o consumo da rede. Escolas técnicas públicas também devem fazer parte do programa.

Saiba mais em:http://migre.me/rZA3i

Energia elétrica deve subir 51,7% em 2015, segundo Copom

A projeção anterior do Banco Central era de 49,2%. A inflação acumulada nos últimos doze meses chega a 9,49%. Veja como fica seu bolso

Incêndio em terra indígena no Maranhão está controlado

O incêndio que tomou uma área de 220 mil hectares da reserva indígena de Arariboia, no município de Arame, no Maranhão, foi controlado depois de 35 dias. Pelo menos 90% do fogo foi extinto e 10% está controlado na área de 450 mil hectares, segundo o diretor de proteção ambiental do Ibama, Luciano Evaristo. Ele afirma que, apesar da extensa área afetada, o grupo isolado de índios Awá-Guajá não foi atingido. No local, vivem 12 mil Guajajaras e cerca de 80 índios isolados.