Michele Candeloro: em defesa da brasilidade

(Foto: Arquivo Pessoal)

A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex) tem uma gestora de projetos que, durante um ano, viajou o mundo inteiro com um propósito: promover a brasilidade. Como gestora de projetos da Apex, Michele Candeloro pôde acompanhar o crescimento do mercado de orgânicos enquanto esteve na China, Panamá, Honduras, Guatemala, Marrocos, Portugal, Egito, Tunísia, Chile e tantos outros que fica difícil contar.

“O caminho natural é exportar e por isso me dediquei a fazer o máximo para que os nossos produtos ficassem ainda mais conhecidos”, me disse quando nos conhecemos na Bio Brazil Fair, que aconteceu em São Paulo entre os dias 8 e 11 de junho.

Ela deixou seu cargo para assumir outro posto na mesma Apex, mas o seu brilho nos olhos não mudou. Michele acredita que o país está no caminho certo já que “é conhecido como um grande produtor de alimentos e tem uma recepção internacional pavimentada”.

“Estive em tantas feiras internacionais e empresas que não têm nada a ver com o Brasil utilizam a brasilidade como atrativo no mercado. Nós temos que assumir a nossa brasilidade, que é globalmente reconhecida e valorizada!”.

O entusiasmo de Michele não é só com as empresas de orgânicos e sustentáveis por trabalho: após a entrevista, ela literalmente fez a feira: em cada stand, comprava-e recomendava- um produto para esta repórter. Quem levantou a bandeira do Brasil mundo afora merece crédito e comprei um shampoo em barra só porque ela recomendou. E é bom!