Escolas adotam a meditação contra o estresse do ENEM

(Foto: Reprodução)

O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) acontece nos dias 24 e 25 de outubro em todo o país e a ansiedade dos alunos aumenta a cada dia. Não basta estudar o ano todo e na hora da prova ficar nervoso e não conseguir raciocinar. Quem já não passou por uma situação dessas: Errar por não conseguir controlar os nervos?

Por isso muitas escolas montaram grupos para ensinar técnicas de meditação, relaxamento e ginástica holística para os candidatos. É um momento que o aluno deixa de pensar na prova e passa a se concentrar no próprio corpo. Saber o conteúdo das disciplinas não é tudo. Na hora da prova vai melhor aquele que consegue pensar com tranquilidade e não se rende à pressão natural do momento. Além do controle mental, o candidato vai precisar de resistência física, porque não é fácil ficar sentado durante muitas horas. Dores pelo corpo só contribuem para desviar o foco do ENEM.

Algumas dicas são importantes para aliviar a tensão e melhorar o desempenho na hora da prova:

  • Descanso: 18 horas antes da prova, evite estudar para o cérebro descansar. Um dia antes da prova, faça atividades leves que ajudem a ter uma boa noite de sono.
  • Sono: Dormir cedo é fundamental. Na véspera da prova é importante garantir no mínimo oito horas seguidas de sono. É durante o descanso que a memória se consolida.
  • Caminhada: No dia da prova, uma caminhada leve de 20 minutos ajuda a oxigenar o cérebro e estimula a memória. O ideal é que seja realizada ao ar livre.

Alimentação: Água e alimentos com carboidratos e fibras devem ser levados. Consumir apenas glicose como o chocolate, pode aumentar a fadiga.