Pinacoteca abre exposição sobre relação entre homem e natureza no espaço urbano

(Foto: Christina Ruffato)

Até o dia 20 de fevereiro de 2017, a Pinacoteca de São Paulo recebe a exposição Contenção Verde e Botânica SP, do artista plástico e paisagista Fernando Limberger.

Exposta no pátio interno, a instalação reúne 30 tipos de árvores e arbustos unidos em um pequeno espaço e mais de 180 espécies de sementes em uma sementeira gigante, para chamar atenção e estimular a reflexão do público para a relação do homem com a natureza no espaço urbano.

Para manter as obras vivas, a mostra conta com luz natural e um sistema de irrigação sustentável montado especialmente para a exposição. Desta forma, o público pode acompanhar o nascimento e o crescimento das espécies plantadas.

“As sementes, que inicialmente estavam escondidas sob uma fina camada de areia cinza, que simula a aridez da cidade, já começaram a brotar. Cerca de 60 espécies já estão germinando e a ideia é que o público possa acompanhar a evolução dessas plantas”, conta o paisagista.

(Foto: Christina Ruffato)

O artista visual e paisagista Fernando Limberger iniciou sua pesquisa artística nos anos 80, quando começou a trabalhar em diferentes meios, como desenho, pintura, escultura, instalação e intervenção.

Sendo a natureza e seus desdobramentos tema recorrente em seus trabalhos, a partir dos anos 2000, quando passa a desenvolver projetos em paisagismo para espaços públicos e privados.

Os ingressos custam R$6 (inteira) e R$ 3 (meia). Crianças com menos de 10 e adultos com mais de 60 anos não pagam. Aos sábados a entrada é gratuita para todos os visitantes.

A Pinacoteca de São Paulo funciona de quarta a segunda-feira, das 10h às 17h30, com permanência até às 18h, na Praça da Luz, 2, Centro, São Paulo. Próxima a Estação Luz (Linha 1 – Azul e 4 – Amarela) do Metrô e da CPTM (Linha 7 – Rubi e 11 – Coral). Para mais informações, acesse: www.pinacoteca.org.br