Filme com elenco indígena estreia no próximo dia 30

(Foto: Divulgação)

No dia 30 de novembro, estréia o filme “Antes o tempo não acabava” sobre os conflitos entre a tradição e a modernidade vividos por indígenas urbanos.

A coprodução de Sérgio Andrade e Fábio Baldo estreou internacionalmente no Festival Internacional de Berlim (Berlinale), no ano de 2016. “Antes o tempo não acabava” conta com um elenco indígena de diferentes etnias como Tikuna, Sateré Mawé, Neenguetu e Tariano.

O longa mostra o dia a dia de Anderson, um funcionário da linha de montagem de uma fábrica da Zona Franca de Manaus que todos os dias, após o trabalho, retorna a periferia de Manaus, onde vive a sua comunidade indígena. No lugar, os líderes locais tentam manter vivas as tradições ancestrais do seu povo. No entanto, Anderson se sente deslocado e a sua personalidade e dúvidas criam divergências entre ele e seus líderes. Certo dia, Anderson toma coragem para deixar a comunidade e morar no Centro de Manaus, mas em meio a um local completamente urbano o jovem sente medo e decepção.

Fonte: A Crítica