Documentário mostra o desaparecimento de corais

(Foto: Divulgação/ The Ocean Agency)

Os recifes de corais são habitados por milhões de espécies marinhas. Porém com o aquecimento global, a poluição e a pesca excessiva, estes ecossistemas estão sendo ameaçados pelo Branqueamento, um fenômeno causado pelo aquecimento das águas do oceano.

Durante três anos e mais de 500 horas embaixo d’água, mergulhadores, cientistas e fotógrafos de todo o mundo se uniram para mostrar o impacto do branqueamento no documentário Chasing Coral (Em busca de corais, em português).

O filme, dirigido por Jeff Orlowski e produzido por Larissa Rhodes, contou com filmagens de voluntários de 30 países e o apoio de mais de 500 pessoas de vários locais ao redor do mundo.

“Não é tarde demais para recifes de corais… de fato, para muitos outros ecossistemas que enfrentam desafios das mudanças climáticas. Ainda é possível reduzir a taxa em que o clima está mudando, e está dentro do nosso poder hoje”, disse o Dr. Ove Hoegh-Guldberg, diretor do Global Change Institute, da Universidade de Queensland, na Austrália.

O documentário Chasing Coral está disponível no Netflix.