BNDES incentiva a criação de novo fundo ambiental

Para atingir a meta de desmatamento zero nos próximos anos, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) planeja a criação de um novo fundo ambiental para estimular o reflorestamento em grande escala no país, com capital inicial de R$ 1 Bilhão.

O fundo tem a proposta de mobilizar empresas para doações em dinheiro, a fim de preservar e recuperar diversos biomas, como o da Mata Atlântica e o do Cerrado; combater o desmatamento ilegal; supervisionar estas áreas por satélite e apoiar as unidades de conservação, sendo similar ao Fundo Amazônia.

Segundo o presidente do BNDES, Luciano Coutinho, o banco conta com o Fundo Clima, com R$ 200 milhões em projetos aprovados, mas cresce a demanda para financiar novos projetos ambientais.

Recentemente, 90 projetos solicitaram financiamento, totalizando mais de R$300 milhões para recuperar de 200 a 400 hectares da Mata Atlântica, sendo que a disponibilidade de recursos era de apenas R$ 20 milhões. Desta forma, seria necessária a criação de um novo Fundo para por em prática estes projetos e atingir as metas estabelecidas durante a COP21.

** Com informações do jornal Valor Econômico.